A importância da monitorização contínua da glicemia

A educação em diabetes é essencial para o sucesso do tratamento a longo prazo, e a monitorização contínua da glicemia possibilita a coleta de informações necessárias para otimização do tratamento e tomadas de decisões. O hábito de medir a glicemia ao longo do dia é importante para que o médico consiga mapear as oscilações, identificar pontos de melhorias e, principalmente, para que a pessoa portadora de diabetes tenha mais consciência e controle sobre a doença. 

A monitorização contínua da glicemia ajuda a prevenir hipos e hiperglicemia, e também a identificá-las, podendo agir de forma imediata para evitar complicações. Existem algumas formas de realizar essa monitorização, podendo ter o auxílio de tecnologias como glicosímetros e sensores de glicose. O mais comum e usado pelas pessoas com diabetes é o exame de ponta de dedo.

Uma picada no dedo salva vidas!

A picada no dedo faz parte da vida das pessoas com diabetes desde o diagnóstico, e deve permanecer diariamente para auxiliar no controle da glicemia. É por meio desse exame, com o auxílio do glicosímetro, que  a pessoa com diabetes consegue identificar hipos e hiperglicemias, além de otimizar as aplicações de insulina para manter a glicemia no alvo. O indicado é ficar 70% do tempo na faixa alvo de 70 a 180 mg/dL. 

Por isso é muito importante que as pessoas com diabetes sempre carreguem consigo um kit com glicosímetro, lancetas, tiras reagentes, insulina e demais insumos para monitorar a glicemia ao longo dia. Crianças e adolescentes com diabetes também devem levar seus kits para a escola, e serem instruídos para conseguirem medir a glicemia sozinhos e saberem como agir no caso de uma hipoglicemia, por exemplo.

Ferramentas que ajudam no controle da glicemia

Glicosímetro

Glicosímetro

O glicosímetro é uma tecnologia muito importante no controle do diabetes. É por meio desse equipamento que é realizado o exame de ponta de dedo com uma pequena amostra de sangue, indicando o nível da glicemia naquele momento.

Caderno de registro

Caderno de registro

Manter um registro das oscilações da glicemia ao longo do dia é essencial para um bom controle do diabetes. Você pode anotar em um caderno destinado para essa finalidade, ou em tabelas diárias ou semanais. O importante é ter tudo registrado.

Aplicativos

Aplicativos

Alguns apps facilitam o controle do diabetes com ferramentas online para registro de glicemia, lembretes de medicamentos e calculadoras para contagem de carboidratos.

Sensores de glicemia

Sensores de glicemia

Esse é um pequeno dispositivo que é colocado sobre a pele e realiza o monitoramento contínuo da glicemia, o que elimina a necessidade de fazer várias picadas no dedo durante o dia. Isso proporciona mais autonomia e praticidade no tratamento do diabetes. 

Benefícios dos sensores de glicemia

Os sensores de glicose são dispositivos inovadores que mudaram a forma como as pessoas lidam com o diabetes. Eles oferecem uma série de benefícios que tornam o controle da glicose mais fácil e eficaz. Com esses sensores, é possível monitorar os níveis de glicose continuamente, sem a necessidade de contínuas picadas nos dedos. 

Outra vantagem importante é a capacidade dos sensores de identificar tendências nos níveis de glicose ao longo do tempo, o que ajuda no ajuste do tratamento. Isso resulta em uma melhor qualidade de vida para as pessoas com diabetes, já que conseguem controlar melhor a doença e prevenir complicações a longo prazo. Além disso, o uso desses dispositivos promove uma maior autonomia no gerenciamento do diabetes, permitindo que os pacientes tomem decisões mais informadas em relação ao seu tratamento.

Projeto de monitorização contínua da glicemia para crianças e adolescentes com Diabetes Tipo 1

O projeto de Monitorização Contínua da Glicemia é um programa de educação em diabetes que usa a tecnologia dos sensores de glicemia como ferramenta para informar e conscientizar crianças e adolescentes com diabetes sobre a importância da monitorização no dia a dia com o diabetes. O objetivo é oferecer às crianças em vulnerabilidade social um melhor controle da glicemia, resultando em mais saúde, liberdade e qualidade de vida. Além disso, por meio do acompanhamento educacional com as famílias, é possível proporcionar mais segurança aos pais, sobre como agir e incentivar as crianças nos cuidados na escola. O programa é apoiado por doações e uma emenda parlamentar.

As crianças e adolescentes alcançados pelo projeto usam o sensor de glicemia, uma tecnologia de monitoramento de glicose que ajuda a manter os níveis normais de glicemia e reduzir o risco de hipoglicemia. O programa conta com uma equipe multidisciplinar composta por médicos endocrinologistas, nutricionistas, psicólogos, assistente social e educadores em diabetes, que oferecem atendimento virtual e presencial.

Pessoas alcançadas pelo programa

Como funciona?

Após a avaliação inicial pela equipe multidisciplinar, a criança e o responsável serão encaminhados para o treinamento e aplicação da tecnologia no ambulatório de atendimento. Serão distribuídos, gratuitamente, para as crianças e adolescentes admitidos pelo programa, os sistemas de monitorização contínua de glicose (CGM) que consistem em um pequeno sensor descartável inserido na pele, um aparelho de transmissão que liga ao sensor, através de um suporte sem fios que transmite e exibe os resultados. O aparelho de transmissão e leitura dos dados, não terá custo nesse programa, pois será doado para os usuários beneficiados.

Na sequência, as crianças e adolescentes inseridos no programa serão acompanhados pela equipe multidisciplinar, periodicamente. Estão previstos os atendimentos e acompanhamento pela equipe durante todo o período de utilização dos sensores (quatro meses), para a avaliação correta dos resultados. Os meses subsequentes serão reservados para a avaliação dos resultados pela equipe médica, entretanto, as psicólogas, nutricionistas, assistente social e educadores em diabetes, seguirão com o atendimento até o final do programa (ao fim dos 12 meses de execução).

Informações importantes

Conheça nossa equipe

Angela Nazário

Médica Endocrinologista

Anna Ayres

Apoio

Cristiane Piezzoti

Apoio/secretária

Lizandra Petranski

Assistente Social

Marina Cavalin

Nutricionista

Michele Maba

Psicóloga

Thayna Guimarães

Nutricionista

Atendimento psicológico

Alini Wanderley

Psicóloga CRP 08/07224-3

Andréa Lacerda

Psicóloga CRP 08/05683

Eric Café

Psicólogo CRP 16.776/08

Gislaine Tonin

Psicóloga CRP 08/27795

Maria Ribas

Psicóloga CRP 08/11383

Maria Dionísio

Psicóloga CRP: 08/16954

Sirlene Oliveira

Psicóloga CRP: 08/23367

Horário de atendimento

plugins premium WordPress

Baixe eu E-book aqui:

Baixe eu E-book aqui:

Este site usa Cookies para garantir que você tenha a melhor experiência em nosso site.